Como é feita a emissão primária do certificado digital por videoconferência?

1. Identificação no momento da compra do certificado

1 – Escolha seu certificado digital de preferência no link ao lado;

2 – Preencha seus dados de identificação. Ao inserir seu CPF, o sistema irá verificar se ele está vinculado a dados biométricos cadastrados em nossa base de dados;

3 – Caso o CPF não seja reconhecido, automaticamente o sistema perguntara se possui CNH ou não.

Atenção: caso seu CPF e sua CNH não estejam vinculados a dados biométricos previamente cadastrados na base de dados, o atendimento via conferência não será possível. Neste caso, você deverá selecionar o agendamento presencial em um dos Postos de Atendimento Serasa.

Certificado Digital
por Videoconferência

com a CNH

2. Agendamento

1 – Depois de selecionar o atendimento via videoconferência, escolha a melhor data e horário para você;

2 – Leia o Termo de Autorização e clique em Continuar para seguir até a etapa de “Documentação”;

3 – Insira os documentos necessários para comprovar sua identidade. Eles serão analisados antes de concretizar a emissão do seu certificado. (Continue a leitura deste artigo para saber quais documentos são necessários para cada certificado digital). Clique em Continuar;

4 – Selecione a forma de pagamento e clique em Finalizar;

5 – Após alguns minutos, você receberá por e-mail as informações de compra e agendamento. Não esqueça de guardá-las e separar os documentos que serão solicitados durante a videoconferência.

3. Durante

1 – Você receberá o link do atendimento por e-mail, com alguns minutos de antecedência ao horário agendado;

2 – Certifique-se de que sua conexão com a internet está com boa qualidade. A câmera e o microfone devem estar funcionando;

3 – Tenha em mãos os documentos anexados durante a compra do certificado e um smartphone iOS ou Android. Durante a videoconferência, o Agente de Registro Serasa irá instruir você a instalar um aplicativo para coletar os dados biométricos;

4 – O Agente de Registro Serasa irá informá-lo sobre os próximos passos de aquisição e instalação, se for o caso, do certificado digital. Siga todas as instruções corretamente;

5 – Se tiver dúvidas, você pode entrar em contato com nosso Serviço de Atendimento ao Cliente. Caso seja da cidade de São Paulo ou regiões metropolitanas, ligue para 3003-2300. Se é de outra região, entre em contato pelo WhatsApp: (11) 94386-5014.

 

 

 

 

 

 

 

Documentos necessários para a emissão primária do certificado digital por videoconferência

Para certificado digital pessoa física – se você quer comprar um certificado e-CPF, e-Jurídico, e-Contador ou e-Saúde, tenha em mãos na etapa de compra e da videoconferência os seguintes documentos:

– CPF;

– Documento de identificação original com foto – RG, CNH, passaporte, carteira da OAB, CRM, CRC etc.

Atenção: documentos mal conservados e/ou que estejam fora da data de validade não serão aceitos. Se possível, apresente dois documentos de identificação diferentes. Assim, se um não estiver em bom estado de análise, poderá seguir com o outro.

Para certificado digital pessoa jurídica – se você quer comprar um certificado digital e-CNPJ, e-Simples, e-MEI ou NF-e, tenha em mãos na etapa de compra e da videoconferência os seguintes documentos:

– Documento de identificação original com foto do representante legal da empresa – RG, CNH, passaporte etc;

– CPF do representante legal da empresa;

– Ato Constitutivo completo e registrado no órgão – caso o que está em vigor não seja a primeira versão do documento, será necessária a apresentação da última versão com as alterações consolidadas. Caso contrário, deverá ser apresentado o Ato primitivo e todas as alterações posteriores Constitutivas separadas.

– Ata de Eleição completa e registrada – em casos em que a forma de representação da pessoa jurídica é definida em Ato separado ao de Constituição.

– Comprovante de Inscrição e Situação Cadastral do CNPJ – impresso do site da Receita Federal do Brasil na data da videoconferência.

A emissão primária do certificado digital por videoconferência é segura?

Agora, o processo é viável pois está muito mais seguro, já que permite que os dados biométricos do usuário sejam reconhecidos na base dados da Serasa ou do Denatran, e, posteriormente, validados durante a coleta de biometria na videoconferência.

Benefícios da aprovação da emissão primária do certificado digital por videoconferência

Segurança – em tempos de pandemia, a possibilidade de fazer qualquer emissão de certificado digital sem precisar sair de casa é uma forma de evitar exposições desnecessárias a locais com aglomeração de pessoas.

Praticidade – a emissão por videoconferência elimina a necessidade de deslocamento, facilitando o dia-a-dia de quem irá adquirir o certificado, principalmente pessoas que moram longe de postos de atendimento.

Agilidade – ao tornar o processo de emissão do certificado totalmente online, o consumidor enfrenta menos burocracia e, consequentemente, pode começar a fazer uso mais rapidamente.

Fonte: Blog da Serasa Experian